terça-feira, 10 de novembro de 2015

Como ajudar uma ONG que cuida de animais abandonados

O Brasil é o segundo país do mundo em população de cães e gatos: são 55 milhões segundo a Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação. Muitos acabam abandonados nas ruas ou sofrem maus-tratos. Por sorte, multiplicam-se as ONGs dedicadas a eles, que conscientizam, resgatam, cuidam e arranjam um novo lar. Ainda que não queira levar um bicho para casa, você pode colaborar com a causa - e não só com dinheiro



1 – Divulgar a ONG
Pendurar cartazes ou distribuir panfletos sobre eventos ou fotografias de animais para adoção em clínicas veterinárias, lojas para animais, parques ou cafés. Compartilhar no seu perfil do Facebook, Pinterest, Twitter ou outras redes sociais fotografias de animais que estejam para adotar, ou os eventos das mesmas.
2 – Ideias para arrecadar dinheiro
Aproveite eventos com amigos para angariar materiais para doar. A sua festa de aniversário, casamento, eventos na escola ou no trabalho são oportunidades para pedir aos teus amigos, familiares ou colegas que levem materiais para doarem a uma associação. Eles necessitam de jornal, produtos de limpeza, ração, panos para limpeza, cobertores, remédios, brinquedos, e muito, muito amor.
3 – Transportar animais
Tem um carro? Então é possível ajudar uma associação. Muitas vezes é necessário transportar os animais, por exemplo, a consultas no veterinário. Ao doar um pouco do tempo e carro, transportando os animais, você ajuda muito.
carro cachorro
4 – Passear com cães e dar carinho a gatos
Muitas vezes, as associações têm poucas pessoas para exercitar os animais e socializar com eles. Se você gosta de cães que tal passar uma hora da semana (ou mais!) para passeando com alguns? Ou mesmo brincando. O tempo de brincadeira tem enormes benefícios psicológicos e físicos para os animais que estão à espera de ser adotados. Se você gosta mais de gatos, não tem problema, eles também precisam se socializar! Carinho, brincadeira e interação com pessoas ajudam a prepará-los para a sua nova casa, quando forem adotados.
gato carinho
5 – Doar materiais
Se você tiver algo em casa que não precise mais, pense se não será útil para alguma ONG de animais. Por exemplo, sofás, almofadas, mantas, toalhas, blusas velhas, brinquedos, pelúcia podem ser utilizados. Fique atento se algum amigo ou familiar também não está descartando este tipo de coisa também.
6 – Usar os teus talentos especiais


Costura: Crie brinquedos caseiros ou panos para camas, utilizando camisetas, jeans ou cobertores antigos. Costure “Adote-me” em coletes ou lenços para que os animais que estão para adoção usem em feiras e eventos.
Contabilistas e advogados: Seja voluntário para deixar toda a ONG organizada e dentro da lei.
Web designers e profissionais de marketing: As associações precisam de atualizações constantes nos sites e mídias sociais como por exemplo, colocar informações sobre animais para adotar, eventos, pedidos de doações ou apenas dar um aspecto profissional ao site.
Fotógrafos: Imagens de alta qualidade fazem uma grande diferença na rapidez com que os animais são adotados.


7 – Família temporária
Estar num canil ou gatil pode ser muito estressante e triste para os animais, além disso são locais que enchem muito rápido. Encontrar casas temporárias enquanto os animais estão à espera de ser adotados abre espaço para animais que acabaram de ser resgatados. Esta pode não ser uma maneira muito fácil de ajudar, mas poderá ser uma das mais importantes.

Um comentário:

  1. Gostei das dicas.
    Vou procurar uma por aqui, em Brasília e ver como posso ajudar.
    Um abraço.

    ResponderExcluir

Estou aqui para agradecer a você...
Sua gentileza por tirar um tempo para deixar um comentário
Muito obrigada sua opinião é importante .

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...