sexta-feira, 26 de setembro de 2014

Cães também podem ter problemas na coluna. Saiba como identificar





. É habitual cachorros com pequeno porte, coluna alongada e patas curtas apresentarem problemas na coluna ou animais com características opostas a estas. Juntos aos beagles, yorkshires, boston terrier, bulldog francês e pastores alemães, os salsichas estão entre as raças mais comuns de cachorros a terem dores de coluna, que podem ser causadas por lesões ou fraturas nas vértebras ou na medula.

O tratamento para as dores na coluna pode variar entre o conservador ou o cirúrgico e depende de fatores como o tipo de lesão, idade e condição financeira do tutor.
Os tratamentos para dores de coluna podem ser muito caros. . Nem todas as pessoas tem condições financeiras de arcarem com o tratamento dos cães, o que reflete o problema de não haver hospital público para animais no estado de Pernambuco, apenas o da Universidade Federal Rural de Pernambuco (Ufrpe) que acaba estrangulado com a quantidade de atendimentos.

A Secretaria-executiva de Direitos dos Animais (SEDA) da Prefeitura do Recife, tem um projeto de construção de um hospital público com atendimento de emergência 24 horas para cães e gatos. A obra está orçada em R$ 3,4 milhões e tem prazo de conclusão em abril de 2015. Mas não começou ainda. Segundo a assessoria de imprensa da Seda a ordem de serviço deve ser assinada até o final deste ano.

Como tratar

Muito animais têm problemas de coluna como bicos de papagaio ou hérnia de disco e precisam de tratamentos como acupuntura, fisioterapia ou hidroginástica para aliviarem as dores, principalmente os peludos idosos. “Depois que o animal tem algum problema de coluna alguns cuidados devem ser tomados para maior qualidade de vida dele, como não deixá-lo subir e pular de locais altos ou descer escadas. É importante ter cuidado com acidentes, muitas lesões vêm de atropelamentos, por exemplo. Não aconselho deixar o cachorro solto na rua sem uma guia”, indica o médico veterinário Abel Vital Santa Cruz Chaves.

“As lesões de coluna também podem causar retenção de fezes e urina, já que o animal as vezes tem que andar se arrastando. É importante que logo quando perceba os sintomas, os tutore levem ao veterinário porque nestes casos tempo é ouro, eles podem desenvolver problemas nos rins ou até uma paralisia parcial ou total das patas”, completa o veterinário. Para os bichinhos com paralisia depois de uma lesão na coluna, também há a opção das cadeirinhas de roda adaptadas para o tamanho do pet, elas facilitam a locomoção e aumentam o bem estar. Mas nem todos podem se adaptar ao uso da cadeirinha, então é importante consultar um veterinário antes experimentar.

Como perceber que o seu peludo sente dores de colunas:

- Ele anda com as costas arqueadas e sente dificuldade de se locomover

- Dificuldade de levantar e deitar

- Ele fica arredio, protegendo o local da dor

O que fazer?

- O primeiro passo é levar o bichinho ao veterinário

- Na clínica, serão feitos exames de imagem, como raio-x e tomografia computadorizada

Como evitar que o animal tenha dores?

- Cuidado com as subidas e descidas de lugares muito altos. Se o animal costuma subir em camas ou sofás, o ideal é que haja escadinhas

- Evite caminhadas e corridas muito longas, especialmente se o cão for idoso

- Fique de olho no seu cão se ele costuma passear pela rua sem guia, atropelamentos são causas comuns de lesões na coluna

Onde comprar uma cadeirinha?

Confira uma lista de sites que fazem cadeiras de rodas sob medidas para cachorrinhos ou gatinhos de estimação:

Maxlocomotion

O site faz cadeiras de rodas para cães e gatos sob medida. Também é realizada a entrega do produto para todo o Brasil.



Vetcar

Como forma de aparelho de fisioterapia veterinária, o site Vetcar vende cadeiras de rodas também sob medidas, que os próprios clientes mandam dos animais. Tudo é feito pela internet. O aparelho é recebido pelo correio. Há entregas em todo o país.

Vida Sobre Rodas

Ateliê de aparelhos para cães e gatos de diferentes raças e tamanhos. As cadeiras de rodas são chamadas cabriolés e também são moldadas para animais com dificuldades de locomoção nas patas dianteiras.

Cardog

O cardog tem vários modelos de andadores especiais para animais domésticos de todos os tamanhos. Os preços variam de R$ 200 a R$ 550 para aqueles bichos que tem dificuldades em duas patas. No site também há um passo a passo de como tirar as medidas dos animais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estou aqui para agradecer a você...
Sua gentileza por tirar um tempo para deixar um comentário
Muito obrigada sua opinião é importante .

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...