terça-feira, 25 de agosto de 2015

Porquinhos da Índia é um bom animal de estimação



Com uma fofura irresistível, o porquinho-da-índia é um dos roedores mais queridos e populares. De atividade diurna, são muito dóceis e de fácil manutenção. Como todo pet, precisam de atenção e carinho constante, mas se adaptam bem se tiverem que ficar sozinhos. Nesse caso, é aconselhável criar uma dupla do mesmo sexo. Ainda assim, o dono deve interagir diariamente com os animais, como explica Lisly Gomide, proprietária da Mini Pets. 'Não adianta o animal ficar preso sem contato com os donos a semana toda e eles só os pegarem nos fins de semana.

No Brasil, há cerca de 12 raças – os preços variam entre R$ 10 e R$ 700. O mais comum é o inglês, de pelagem curta, mais indicado para criação por exigir menos escovação e banhos. Como são presas na natureza, têm o instinto de fugir se estiverem assustados. É normal ficarem recuados em um ambiente novo, mas, com paciência, se apegam rapidamente ao dono. O ambiente ideal para a criação são os cercados, forrados com maravalha ou panos soft com comedouro, bebedouro e uma bandeja especial para as necessidades. Redes, tubos, esconderijos e brinquedos de madeira (pinus não tratada) vão deixá-los entretidos.

Alimentação 

Feno e capim verde à vontade ajudam no desgaste dos dentes, que nunca param de crescer. Galhos de pés de maçã, jabuticaba e goiaba também são bons. Por serem herbívoros, a ração ideal deve conter vitamina C estabilizada, essencial para a saúde do roedor. Frutas e verduras devem ser dadas todos os dias. Visitas semestrais ao veterinário são recomendadas, mas apenas para checape. Não é necessária nenhuma vacina, mas deve ser aplicada a vermifugação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estou aqui para agradecer a você...
Sua gentileza por tirar um tempo para deixar um comentário
Muito obrigada sua opinião é importante .

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...