quarta-feira, 6 de dezembro de 2017

Posso dar resto da ceia para meus pets?

Tanto no Natal quanto no Ano Novo são comuns nas ceias brasileiras carnes como peru, chester, lombo, pernil, lagarto e bacalhau e normalmente as pessoas gostam de comer essas carnes muito bem temperadas com pitadas de pimenta do reino e outros temperos típicos.



É bem comum sobrar um pouco da comida da ceia e muita gente dá um pouco dessas sobras para os pets, principalmente os cães.

Comida humana expõe os cães a toxinas

Os cães devem comer alimentos preparados especialmente para eles, baseados em suas necessidades físicas e no funcionamento de seu organismo. O contato com a comida humana expõe os pets a elementos tóxicos que podem ser fatais.

O consumo de comida humana também aumenta a quantidade de calorias diárias ingeridas pelos cães. Isso colabora para aumentar o peso e, consequentemente, tornar os pets mais suscetíveis a doenças cardíacas e respiratórias, além de dificuldades de locomoção e fraqueza nos ossos e nas articulações.

Alimentos proibidos para a ceia de natal dos pets

– Uva passa: associadas a problemas renais e cataratas;
– Cebola ou alimentos temperados ou cozidos com cebola: tóxicos para cães e gatos mesmo em baixas doses;
– Alimentos feitos com chocolate ou que contenham chocolate: o composto teobromina é tóxico para cães;
– Doces e açúcar refinado;
– Ossos cozidos: se tornam quebradiços e mais duros, favorecendo perfurações gastrintestinais – não ofereça pedaços assados de peru com osso;
– Bebidas alcoólicas.



A ceia do animal de estimação

Fazer algo a parte e diferente da ração para que o animal coma junto com o resto da família não é muito difícil. Na hora do preparo da  ceia principal, basta separar algumas coisas e prepará-las paralelamente, garantindo que eles não sejam temperadas com cebola ou sal, por exemplo. 
Alguns dos ingredientes interessantes de se colocar na ceia de Natal para animais são: pedaços de frango cozidos sem tempero, legumes feitos no vapor e sem sal (cenoura, brócolis, abóbora, batata, ervilha, entre outros) e algumas frutas como maçã e banana. Se quiser deixar o prato dele um pouco mais atrativo, vale cozinhar um pouco de arroz (apenas cozinhar na água, sem óleo, cebola ou sal) e misturar, mas a quantidade deve ser bem pouca. 

Se as comidas ditas acima não fazem parte das que serão servidas para os humanos, você pode substituí-las, mas sempre se certificando de que elas não fazem mal para o pet .  Uma conversa com o veterinário é sempre uma boa ideia. 

Outras opções
Você não fará a própria ceia, encomendou de algum restaurante ou combinou com a família que cada um levará um prato. Além disso, tem que arrumar muitas coisas e não vai sobrar tempo para a ceia de Natal para animais. Mesmo assim não quer que seu bichinho de estimação passe a data comendo aquela mesma ração de sempre. 
A melhor opção para você são as comidas  prontas natalinas. Algumas empresas produzem panetone, papinhas de sabor chester ou peito de peru e até columbas pascoal para animais de estimação. Os produtos levam apenas ingredientes que gatos e cachorros podem comer. 

Onde colocar a ceia do animal

Isso vai de acordo com o temperamento do animal. Se ele prefere estar perto das pessoas e não se importa de comer a Ceia de Natal sem ter muita privacidade, o comedouro pode ser posto na sala mesmo, perto da mesa de jantar. Agora, se ele se irrita com gente tocando nele durante as refeições, encontre um lugar mais reservado. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Estou aqui para agradecer a você...
Sua gentileza por tirar um tempo para deixar um comentário
Muito obrigada sua opinião é importante .

Postagens Relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...